12 de setembro de 2017

As loucuras de um fã


Só quem é fã de algo/alguém sabe o que significa uma loucura de fã. Você fica horas, dias, se preciso para ver por algum tempinho aquele seu ídolo ou curtir um evento com a temática que gosta, e isso é super saudável. Faz você se sentir mais vivo. Tudo é mais bonito e divertido quando está dentro daquele momento.

Ver o show do seu artista colado ao palco, pegar um autógrafo e tirar uma foto, nada no mundo tira o gosto desse momento único. Mas, concorda que fora você há outras pessoas que também são fãs? 

Então pergunto, por que não respeitar essas outras pessoas? Que pegaram uma fila como você, que só querem aqueles minutos para prestigiar aquela [ou aquelas] pessoa [ou evento] que dá mais cor ao seu dia-a-dia? 

A gente tem que parar e ver uma situação de forma geral, não enxergando apenas nosso lado. "Sou fã há 20 anos, mereço ser a primeira". Quem é há 1 mês é menos fã que você? Não consigo ver a diferença. A gente não sabe a vida de cada um para julgar x ou y. Portanto, se o "novo" fã está na sua frente por que chegou mais cedo e se programou para isso ele tem o direito de permanecer nele. 

E se fosse você ali na frente tendo seu espaço invadido por outros que julgam que merecem mais aquele momento que você, você se sentiria bem? A resposta é com certeza NÃO, né!?! 

E agora imagine uma tarde de autógrafos com um autor/criador que goste muito. Ele tem 5 livros - vou exemplificar com livros - publicados no país, você e mais 500 pessoas querem ir na data e todos querem seus cinco livros autografados, além de tirar foto. Você acha humanamente viável para o autor atender toda aquelas pessoas?  

Não consigo entender por que há pessoas que reclamam do autor autografar só dois ou mesmo só um livro numa sessão. O que vale é um livro representando o momento, a foto para ajudar a eternizar. O que falta a alguns fãs é olhar para os outros como também merecedores daquele momento criado e para os ídolos como pessoas e saber que cada um presente tem que levar boas memórias daquele momento e não só ele.  

Vale dizer também que o último da fila ou aquele que não teve como dormir nela merece tanto quanto o primeiro de estar ali. Então vamos ser fã mais sábios, compartilhar e nos divertir respeitando todos os envolvidos. A loucura de fã é ótima e saudável, desde que haja respeito. 

E já está participando do sorteio do livro TREZE, da FML Pepper? Só ir neste post aqui.


Reactions:

10 comentários:

  1. Ahhh excelente texto! Eu nunca sou a primeira e acho que não sou menos fã por isso, as vezes é uma questão de disposição, ou até mesmo um problema de saúde, familiar, enfim, nem sempre dá pra madrugar e tals. E poxa, pobre do autor, imagina ficar autografando três, cinco livros?

    Amei a postagem

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Mi...escrevi esse texto exatamente por isso. Fiquei meio chocada com umas pessoas na rede reclamando de só autografar 2 livros, sendo que a autora ti ha 4 e então era horrível a editora ter mudado a quantidade. Pq ela precisava de todos autografados para eternizar o momento. Pqp!

      Excluir
  2. Eu adoro vários artistas e autores, mas nunca surgiu um que despertasse meu interesse de acompanhar a ponto de passar dias em filas ou esperando algum novo trabalho, sabe?
    Porém amor de fã é lindo e merece ser respeitado. Só que o que vc disse é verdade, vejo muita "disputa" entre os fãs e acho isso não infantil.
    Não fui na bienal esse ano, mas vi que teve gente levou vários livros para serem autografados pelo mesmo autor. E sabe o que é mais triste? Algumas dessas pessoas fizeram isso para vender o livro depois.. =S
    Tirando o espaço de quem realmente queria estar ali

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Horrível, Clayci.
      Tem coisa que não dá para entender. Ta faltando olhar para os outros

      Excluir
  3. A banda que sou mais fã já não existe mais, mas mesmo assim acho que eu não seria capaz de loucuras por eles. Eu sou bem contida/de boas nesse aspecto; mas como tu falou, cada um com seu cada um e importante é ter respeito entre si (entre os fãs) e com o artista também...


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    ResponderExcluir
  4. Realmente, o importante é ter o tão sonhado autógrafo! Tenho alguns livros autografados, e nessa bienal que passou eu consegui conhecer um autor que eu admiro muito. E ainda ganhei livro autografado dele, hehe! ♥

    =)

    Suelen Mattos
    ______________
    ROMANTIC GIRL

    ResponderExcluir
  5. Essa galera que fiscaliza carteirinha de fã me dá muita preguiça. Lembro que no 2º show do Elton John que fui uma menina que tinha aparecido na tv como a "super fã" dele tava sendo RIDÍCULA com a galera na fila! Ficava tentando explicar qual música era qual, agia como se o pessoal ali fosse gostasse menos, sabe? Eu apelei um pouco e quando ela veio pro meu lado explicar eu falei "a gente conhece as músicas dele, a gente tá indo no show!" e ela ficou super puta, mas né... Não é porque você conhece a coisa há 30 anos, tem toda a discografia/filmografia do artista ou mesmo é referência pra um canal de televisão que precisa desvalorizar os outros. O importante é gostar! E, cá entre nós, é uma delícia achar outra pessoa com gostos em comum pra surtar junto, pra que "segregar", né?

    ResponderExcluir