15 de agosto de 2017

Filme: Êxodo: Deuses e Reis

filme êxodo: deuses e reis

Quando acabei de assistir Êxodo: Deuses e Reis fiquei parada por alguns minutos, porque o filme me encantou em diversos aspectos e aqui não vou discutir se seguiu ou não a história bíblica. Vi o filme como entretenimento e neste ponto ele me agradou demais.

O filme retrata a história de Moisés (Christian Bale), no antigo Egito, onde reinava o império do Faraó. Moisés é filho da irmã do faraó, primo de Ramses (Joel Edgerton), o futuro faraó e exerce um grande cargo de poder junto a guarda real.

Em um dia em que estava de guarda junto ao povo, no caso os hebreus, escravos do Faraó, Moisés se encontra com o ancião dos hebreus, que conta de uma profecia antiga: um hebreu os libertaria da escravidão e o nome dele era Moisés.

Moisés não acredita na história, até porque não é hebreu, mas a verdade é que ele é do povo e quando nasceu foi deixado no rio, porque o Faraó mandou matar todos os recém nascidos para a profecia não se concretizar. Ele foi resgatado em segredo pela mãe.

filme êxodo: deuses e reis

O nascimento do Profeta

A história contado pelo ancião foi ouvida por guardas do império e que passaram a notícia ao faraó, que agora era Ramses. Moisés acaba exilado, mesmo não acreditando na história.

Deixado no meio do nada, Moisés conhece um novo povo, se apaixona, casa, constrói uma família e depois de nove anos Deus aparece pra ele e o manda libertar os hebreus, o que faz depois de um tempo, relutantemente.

Ao encontrar os hebreus, ele os treina, para caso precisem lutar. Mas antes tenta conversar com o primo, que não quis ouvir. Logo depois começam as pragas do Egito.

Porém, não é somente o povo do faraó que sofre com as pragas, os hebreus também são atingidos. Todos sofrem.

Acontece o ataque dos jacarés, o mar fica vermelho, peixes mortos, moscas, vespas. E nessa parte começa a maravilha da produção, é maravilhosa, você se arrepia com os efeitos especiais. É tão real que chega a ser angustiante as sensações.

Com o povo em geral sofrendo, Moisés briga com Deus, mas mesmo assim nada muda. Chega o momento da última praga e Deus orienta Moisés sobre, o profeta vai conversar uma última vez com Ramses pedindo a libertação dos hebreus para não sofrer a irá de Deus, mas este mais uma vez nega a liberdade.

Moisés conversa com os hebreus e pede para eles matarem um cordeiro e passarem o sangue do animal na porta, que assim serão abençoados por toda a vida. A última praga chega e mata todas as crianças do reino, todas que não estavam protegidas com o sangue do cordeiro. No outro dia o faraó liberta os escravos.

filme êxodo: deuses e reis

400 mil hebreus caminham ao novo mundo

Os hebreus seguem para Canaã e no caminho descobrem que o faraó está atrás deles. E acontece a tão famosa parte da história de Moisés, Deus abre o mar para libertar de uma vez os hebreus.

O filme acaba com Moisés bem velhinho

Adorei o filme. Com ótimas atuações, cenário, figurino. Daqueles filmes que não te permite piscar e você se vê lá dentro, participando de cada cena. Indico 100%.

Serviço

Distribuição: Fox Filmes
Elenco: Christian Bale, Joel Edgerton, John Turturro, Aaron Paul, Ben Mendelsohn, Maria Valverde
Diretor: Ridley Scott
Roteiro: Adam Cooper, Bill Collage, Steven Zaillian
Produção: Peter Chernin, Mark Huffman, Ridley Scott
Gênero: Épico, Ação
Nacionalidade: EUA, Reino Unido, Espanha
Ano: 2014
Trailer: Veja Aqui

✰✰✰✰
Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob

4 de agosto de 2017

Filmes que assisti uma vez para nunca mais

filmes ruins, garota exemplar, simplesmente acontece, um dia, sem saída

Chega a ser frustrante assistir um filme que te empolga no início e no fim você sente que foi um amontoado de bosta e que podia ter gastado aquelas horas fazendo outra coisa.

A maior parte dos filmes que me deixaram com esse sentimento também fizeram eu ter medo de ligar o play de novo e por isso vou contar para vocês quais são e porque do sentimento.

Caso não tenha assistido algum dos citados pule se não quiser ler spoiler.

Um dia ✰ (trailer)

Ela é apaixonada por ele desde o primeiro dia. Eles são ótimos amigos. Demoraram anos para viver a sua história de amor, quando de repente ela sai na rua de bicicleta e...morre! Quando passou a cena eu fiquei em choque. Totalmente paralisada e falava: “não, não, nãooo”. Foi frustante e nunca mais assisti esse filme na minha vida e nem quero passar perto do livro. Obrigada!

Simplesmente Acontece ✰ (trailer)

O post cultural dessa semana seria sobre esse filme, mas decidi não dar um post para ele, porque seria encher linguiça de uma história básicona. Eles são amigos desde a infância e se amam desde adolescência, mas por serem uns trouxas não ficam juntos, porque ambos sabem do sentimento de um pelo outro. Me diga, o que os impediu de ficarem juntos por tantos zilhões de anos? E não pensem que eles ficam anos sem se verem, porque eles não perdem o contato e apesar de tudo isso só vão ficar juntos lá pros 40 anos. Amém!!! Quando o filme terminou corri para minha wishlist e tirei o livro da lista. Se achei maçante ver o filme, não iria ler o livro de trocentas páginas. Comentei isso com uma amiga e ela me disse que a amiga dela leu e falou que os personagens só ficam juntos na terceira idade. Glória a Deus!!! Tô fora desse título com personagens pra lá de retardados. Esses gostavam de sofrer.

Garota Exemplar ✰✰✰ (trailer)

Adoro o Ben Affleck e quando o filme saiu nas telonas eu quis ver, demorei para conferir, mas assisti. Ainda bem. Sim, você leu certo, eu gostei do filme. É um suspense muito bem montado que te faz imaginar diversas coisas e descobrir que é um(a) péssimo(a) detetive. Acontece que a história te suga tanto e o interessante nela é essa perdição que você fica, ver de novo não te deixará da mesma forma e ver aquele final de novo não faz parte dos meus planos. Esses livros de suspense bons sempre me deixam chupando o dedo no final.

Sem Saída (trailer)

Até hoje tento adivinhar o propósito real de lançarem esse filme. Chuto que fizeram para mostrar a carinha bonita e em alta do Taylor Lautner, porque a história do filme é tão bosta da bosta que não tem sentido existir. O menino, no caso o Nathan Harper, interpretado pelo Taylor, vê sua foto em um site de crianças desaparecidas e descobre que não é filho de seus pais e aí vai atrás da verdade que é totalmente sem pé nem cabeça, e por isso faz o filme ter fugas, tiros, ações e um amontoado de bobagem. Tenho amor ao meu tempo, esse não assisto nunca mais por ser péssimo.

Gentem, podem ter certeza que existem outros filmes que passo longe depois de ter visto, mas eu não lembro (pra variar!). Conforme for lembrando de outros títulos volto com este post. E vocês, tem algum filme que passam a quilômetros de distância depois de terem visto?

Ah! E se você chegou a conclusão de que não goste de filmes com finais triste tenho que dizer que se enganou. Moulin Rouge é um dos meus filmes preferidos e curto bastante Um Amor Para Recordar. xD


Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob


1 de agosto de 2017

Playlist: Uma Música Por Dia Papuff #1


Lembram do projeto #umamusicapordiapapuff? Contei sobre ele neste post, a ideia é compartilhar no instagram uma música com a hastag e criar uma playlist para relembrar e apresentar novos sons.

E finalmente a primeira playlist do projeto está no ar, conforme for a participação de vocês logo outra é lançada. Agora deem o play!

Pelo Spotify


Pelo Youtube (com algumas a mais; o Spotify não tinha todas)


Aguardo vocês no projeto e acompanhe a hastag #umamusicapordiapapuff pelo Instagram