15 de agosto de 2017

Filme: Êxodo: Deuses e Reis

filme êxodo: deuses e reis

Quando acabei de assistir Êxodo: Deuses e Reis fiquei parada por alguns minutos, porque o filme me encantou em diversos aspectos e aqui não vou discutir se seguiu ou não a história bíblica. Vi o filme como entretenimento e neste ponto ele me agradou demais.

O filme retrata a história de Moisés (Christian Bale), no antigo Egito, onde reinava o império do Faraó. Moisés é filho da irmã do faraó, primo de Ramses (Joel Edgerton), o futuro faraó e exerce um grande cargo de poder junto a guarda real.

Em um dia em que estava de guarda junto ao povo, no caso os hebreus, escravos do Faraó, Moisés se encontra com o ancião dos hebreus, que conta de uma profecia antiga: um hebreu os libertaria da escravidão e o nome dele era Moisés.

Moisés não acredita na história, até porque não é hebreu, mas a verdade é que ele é do povo e quando nasceu foi deixado no rio, porque o Faraó mandou matar todos os recém nascidos para a profecia não se concretizar. Ele foi resgatado em segredo pela mãe.

filme êxodo: deuses e reis

O nascimento do Profeta

A história contado pelo ancião foi ouvida por guardas do império e que passaram a notícia ao faraó, que agora era Ramses. Moisés acaba exilado, mesmo não acreditando na história.

Deixado no meio do nada, Moisés conhece um novo povo, se apaixona, casa, constrói uma família e depois de nove anos Deus aparece pra ele e o manda libertar os hebreus, o que faz depois de um tempo, relutantemente.

Ao encontrar os hebreus, ele os treina, para caso precisem lutar. Mas antes tenta conversar com o primo, que não quis ouvir. Logo depois começam as pragas do Egito.

Porém, não é somente o povo do faraó que sofre com as pragas, os hebreus também são atingidos. Todos sofrem.

Acontece o ataque dos jacarés, o mar fica vermelho, peixes mortos, moscas, vespas. E nessa parte começa a maravilha da produção, é maravilhosa, você se arrepia com os efeitos especiais. É tão real que chega a ser angustiante as sensações.

Com o povo em geral sofrendo, Moisés briga com Deus, mas mesmo assim nada muda. Chega o momento da última praga e Deus orienta Moisés sobre, o profeta vai conversar uma última vez com Ramses pedindo a libertação dos hebreus para não sofrer a irá de Deus, mas este mais uma vez nega a liberdade.

Moisés conversa com os hebreus e pede para eles matarem um cordeiro e passarem o sangue do animal na porta, que assim serão abençoados por toda a vida. A última praga chega e mata todas as crianças do reino, todas que não estavam protegidas com o sangue do cordeiro. No outro dia o faraó liberta os escravos.

filme êxodo: deuses e reis

400 mil hebreus caminham ao novo mundo

Os hebreus seguem para Canaã e no caminho descobrem que o faraó está atrás deles. E acontece a tão famosa parte da história de Moisés, Deus abre o mar para libertar de uma vez os hebreus.

O filme acaba com Moisés bem velhinho

Adorei o filme. Com ótimas atuações, cenário, figurino. Daqueles filmes que não te permite piscar e você se vê lá dentro, participando de cada cena. Indico 100%.

Serviço

Distribuição: Fox Filmes
Elenco: Christian Bale, Joel Edgerton, John Turturro, Aaron Paul, Ben Mendelsohn, Maria Valverde
Diretor: Ridley Scott
Roteiro: Adam Cooper, Bill Collage, Steven Zaillian
Produção: Peter Chernin, Mark Huffman, Ridley Scott
Gênero: Épico, Ação
Nacionalidade: EUA, Reino Unido, Espanha
Ano: 2014
Trailer: Veja Aqui

✰✰✰✰
Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob

4 de agosto de 2017

Filmes que assisti uma vez para nunca mais

filmes ruins, garota exemplar, simplesmente acontece, um dia, sem saída

Chega a ser frustrante assistir um filme que te empolga no início e no fim você sente que foi um amontoado de bosta e que podia ter gastado aquelas horas fazendo outra coisa.

A maior parte dos filmes que me deixaram com esse sentimento também fizeram eu ter medo de ligar o play de novo e por isso vou contar para vocês quais são e porque do sentimento.

Caso não tenha assistido algum dos citados pule se não quiser ler spoiler.

Um dia ✰ (trailer)

Ela é apaixonada por ele desde o primeiro dia. Eles são ótimos amigos. Demoraram anos para viver a sua história de amor, quando de repente ela sai na rua de bicicleta e...morre! Quando passou a cena eu fiquei em choque. Totalmente paralisada e falava: “não, não, nãooo”. Foi frustante e nunca mais assisti esse filme na minha vida e nem quero passar perto do livro. Obrigada!

Simplesmente Acontece ✰ (trailer)

O post cultural dessa semana seria sobre esse filme, mas decidi não dar um post para ele, porque seria encher linguiça de uma história básicona. Eles são amigos desde a infância e se amam desde adolescência, mas por serem uns trouxas não ficam juntos, porque ambos sabem do sentimento de um pelo outro. Me diga, o que os impediu de ficarem juntos por tantos zilhões de anos? E não pensem que eles ficam anos sem se verem, porque eles não perdem o contato e apesar de tudo isso só vão ficar juntos lá pros 40 anos. Amém!!! Quando o filme terminou corri para minha wishlist e tirei o livro da lista. Se achei maçante ver o filme, não iria ler o livro de trocentas páginas. Comentei isso com uma amiga e ela me disse que a amiga dela leu e falou que os personagens só ficam juntos na terceira idade. Glória a Deus!!! Tô fora desse título com personagens pra lá de retardados. Esses gostavam de sofrer.

Garota Exemplar ✰✰✰ (trailer)

Adoro o Ben Affleck e quando o filme saiu nas telonas eu quis ver, demorei para conferir, mas assisti. Ainda bem. Sim, você leu certo, eu gostei do filme. É um suspense muito bem montado que te faz imaginar diversas coisas e descobrir que é um(a) péssimo(a) detetive. Acontece que a história te suga tanto e o interessante nela é essa perdição que você fica, ver de novo não te deixará da mesma forma e ver aquele final de novo não faz parte dos meus planos. Esses livros de suspense bons sempre me deixam chupando o dedo no final.

Sem Saída (trailer)

Até hoje tento adivinhar o propósito real de lançarem esse filme. Chuto que fizeram para mostrar a carinha bonita e em alta do Taylor Lautner, porque a história do filme é tão bosta da bosta que não tem sentido existir. O menino, no caso o Nathan Harper, interpretado pelo Taylor, vê sua foto em um site de crianças desaparecidas e descobre que não é filho de seus pais e aí vai atrás da verdade que é totalmente sem pé nem cabeça, e por isso faz o filme ter fugas, tiros, ações e um amontoado de bobagem. Tenho amor ao meu tempo, esse não assisto nunca mais por ser péssimo.

Gentem, podem ter certeza que existem outros filmes que passo longe depois de ter visto, mas eu não lembro (pra variar!). Conforme for lembrando de outros títulos volto com este post. E vocês, tem algum filme que passam a quilômetros de distância depois de terem visto?

Ah! E se você chegou a conclusão de que não goste de filmes com finais triste tenho que dizer que se enganou. Moulin Rouge é um dos meus filmes preferidos e curto bastante Um Amor Para Recordar. xD


Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob


1 de agosto de 2017

Playlist: Uma Música Por Dia Papuff #1


Lembram do projeto #umamusicapordiapapuff? Contei sobre ele neste post, a ideia é compartilhar no instagram uma música com a hastag e criar uma playlist para relembrar e apresentar novos sons.

E finalmente a primeira playlist do projeto está no ar, conforme for a participação de vocês logo outra é lançada. Agora deem o play!

Pelo Spotify


Pelo Youtube (com algumas a mais; o Spotify não tinha todas)


Aguardo vocês no projeto e acompanhe a hastag #umamusicapordiapapuff pelo Instagram

28 de julho de 2017

Papuff nas redes sociais

Acompanhe o Papuff nas redes sociais

Eu nem me despeço mais, nem venho com explicações, porque se não esse blog virará um misto de "sumi, mas voltei". Porque ele rege meio assim e hoje sei lidar com isso. E como o intuito da criação do Papuff foi sempre compartilhar vida com quem o acompanha, mesmo sem atualizações por aqui as redes sociais do Papuff estão sempre em movimento.

Diariamente, compartilho por lá pensamentos, notícias, música e divagações. Não necessariamente nesta ordem ou mesmo tudo em um dia, mas a essência do Papuff está sempre compartilhada pelas redes. Então, convido você a começar a participar dessas extensões do blog. Locais para troca de boa energia e informações e que podemos prosear sempre. Eu adoro uma prosa, me acompanhe.

O blog continua aqui existindo, e sempre atualizado, caso a vida siga conforme os planos e eu me programe melhor. No caso, consiga adiantar posts com pelo menos um mês.

Nesses anos na blogosfera aprendi tanto, conheci pessoas incríveis e quero continuar neste ciclo: conhecer, aprender, repassar, expandir. Viver essa troca gostosa que é ter um blog. Então, assim como te convido a participar das redes sociais, te chamo para continuar visitando o Papuff diariamente, porque muita coisa boa já está programada.

E não deixe de prosear.
Te espero no Instagram, Facebook e Twitter

bjosss,

24 de julho de 2017

Um Passo de Cada Vez

Toda caminhada é uma descoberta

Hoje comecei o novo ciclo, o em busca de uma vida melhor: com mais saúde, disposição e concretização de sonhos. Foi um passo, o primeiro de muitos que virão. Foi bom.

Busquei no dia falar menos e ouvir mais, algo que pratico há um bom tempo. E digo, é complicado. E tentei jogar boas energias as ações não tão legais de uns com os outros.

Ainda preciso ter a ação de levantar na hora que o despertador toca; muito ruim. Está um tempo gostoso para dormir mais cinco minutos.

É um passo de cada vez, né!?! Vamos ver amanhã.

E como está a sua caminhada?

20 de maio de 2017

#ResultadoSorteio Tensão, de Gail McHugh

Oi, gentem!

Finalmente o resultado do sorteio do livro Tensão, da autora Gail McHugh. Houve um atraso na divulgação, fiquei sem internet ontem, por causa da chuva, e não consegui realizar o sorteio na data prevista, porém as inscrições encerraram na data divulgada, dia 18/05.

E quem ganhou foi a HÉRICA MARIA SALES DE LIMA. Confiram no post de divulgação do sorteio.

Parabéns, Hérica! Estou encaminhando um e-mail solicitando seus dados para envio do prêmio. xD

E muito obrigada a todos que participaram, logo haverá mais mimos por aqui. Fiquem de olho no blog e nas redes sociais.

bjosss,

15 de maio de 2017

5 filmes para assistir com Cameron Diaz

cameron diaz, frase, filmes

Já está participando do sorteio do Papuff? Ele acaba agora 18/05, corre lá!

Se tem uma atriz que me faz assistir qualquer filme que esteja é a Cameron Diaz. Quando ela está no elenco eu vou sem medo de ser feliz, porque sei que é diversão na certa.

Gosto de fantasia, mas meu queridinhos são romances (me julguem), principalmente as comédias românticas e não tem uma que assisti com essa mulher que não adorei. Então imaginem a imensa lista de indicações para vocês.

Para simplificar, e o Papuff não virar um blog de resenhas de filmes, preparei este post indicando 5 filmes para assistir com Cameron Diaz.

O Casamento do Meu Melhor Amigo (1997) ✰✰✰ (trailer)

o casamento do meu melhor amigo

Acredito que esse foi o primeiro filme que assisti com a Cameron e quando ele acabou eu quis matá-la (se você já assistiu deve imaginar o motivo).

O Casamento do Meu Melhor Amigo conta a história de Julianne Potter (Julia Roberts) e Michael O’Neal (Dermot Mulroney) amigos desde sei lá quando e durante todo esse tempo de amizade Michael foi apaixonado pela Julianne, mas ela nunca deu muita atenção a isso até que ele decide se casar e a convida para ser madrinha. A noiva de Michael é Kimberly Wallace (Cameron Diaz), uma desafinada, inocente e apaixonada jovem.

Como bem se sabe o ego ferido de uma mulher pode fazê-la cometer barbaridades, neste caso umas bem engraçadas. O filme é muito gostoso, com ótimo elenco e mostra que até uma grande atriz de Hollywood tem seus defeitos (momento maldoso da minha parte). Se procura uma romance mais divertido do que romance põe esse no play, não irá se arrepender. Até porque além da Cameron tem a Julia, diva das divas.

Professora sem Classe (2011) ✰✰✰✰



Imaginem a pior professora da face da terra. Multipliquem por três. Somem com mais 3000. Tipo, não chega nem perto do que é Elizabeth Haley (Cameron Diaz).

Elizabeth se tornou professora para ter todas as férias possíveis durante o ano, e só por isso. Porque ensinar não é com ela. Ela prefere dormir, fumar maconha e os filmes que eduquem seus alunos. Seu plano de vida é casar com um ricaço e viver pelos shoppings da vida.

Mas como bem sabemos, nem todos conseguem realizar seus sonhos, pelo menos não da forma que é planejado,  por isso Elizabeth continua dentro de uma sala de aula fingindo que ensina. E para conseguir realizar alguns planos ela apronta muita coisa na escola e fisga os olhos no professor babacão e rico de matemática Scott Delacorte (Justin Timberlake). Porém a professora esquilo Amy Squirrel (Lucy Punch) também quer o bobão. Então imaginem o que uma louca é capaz de cometer para ficar com o cara. Hilário, garanto.

Enquanto isso o professor pobretão e gente boa de educação física Russel Gettis (Jason Segel) investe em Elizabeth. E Elizabeth cria uma amizade diferente com a professora sonsa e de bom coração Lynn Davies (Phyllis Smith).

Vi Professora sem Classe e o filme ficou no meu DVD durante bons meses, porque eu assitia o filme, praticamente, todos os dias. Acredito que seja o filme que mais gosto dela. É um filme muito divertido.

E gentem, como essa mulher é linda! Quando eu tiver meus 40 espero estar tão inteirona como ela.

Tudo Pra Ficar com Ele (2002) ✰✰✰✰ (trailer)

Agora para tudo, porque esse filme caracteriza vários momentos da minha vida. Acontece alguma coisa e eu já ligo ao filme. Atualmente é a parte 22 e 30 anos, Cameron Diaz tem muita razão. Assistindo vocês saberão o que é.

Neste filme Cameron é Christina Walters, um loira da night, destruidora de corações e que pega mas não se apega. Ela curte essa vida ao lado da amiga Courtney Rockliffe (Christina Applegate), tão desencanada quanto Christina.

Em uma noite quando as duas vão para balada dispostas a levantar o astral da amiga Jane Burns (Selma Blair), Christina conhece Peter Donahue (Thomas Jane), depois de dar uma apertadinha na bundinha dele. Nada entre os dois acontece, mas ela fica fissurada no cara e vendo a sua situação lastimável Courtney propõe uma aventura: ir ao casamento do irmão do Peter. E aí começam os momentos únicos, com várias cenas divertidíssimas.

O que mais me atrai neste filme é a alegria das personagens. Uma ótima pedida para momentos baixo astral e todos os outros também.

Uma Prova de Amor (2009) ✰✰✰ (trailer)


uma prova de amor

Em Uma Prova de Amor, Diaz interpreta Sara Fitzgerald uma mãe desesperada para salvar a vida da filha Kate Fitzgerald (Sofia Vassilieva), que tem leucemia e que por isso as vezes não demonstra como deveria o amor pela filha mais nova Anna Fitzgerald (Abigail Breslin).

Anna foi concebida in vitro para ter uma combinação genética com a irmã e poder doar tudo que for necessário durante seu tratamento. Porém, quando chega o momento de doar um dos rins a irmã Anna entra com um processo pedindo emancipação para ter direito sobre o próprio corpo.

Um filme bem diferente dos filmes estrelados pela Cameron e tão bom quanto, mostrando uma família que vive diariamente com uma doença, mas que não deixa de se amar.

Mulheres ao Ataque (2014) ✰✰✰✰


Carly Whitten (Cameron Diaz) é uma advogada de sucesso e solteirona, até que conhece o amor da sua vida Mark King (Nikolas Coster-Waldau). Em uma noite ela resolve surpreender Mark e aparece em sua casa, mas quem a recebe é a esposa do cafajeste. Ele é casado! Tudo acabado, claro.

De repente a mulher de Mark, Kate King (Leslie Mann), aparece em seu apartamento pedido explicações e decide fazer de Carly sua amiga e confidente. E por incrível que pareça elas iniciam uma amizade deliciosa, você torce para elas ficarem juntas, porque Carly reluta muito. Kate é muito divertida.

O laço entre as duas se aperta quando descobrem que Mark tem mais outra “mulher”, Amber (Kate Upton). Elas a procuram e as três se unem para acabar com o canalha.

Três mulheres nervosas, enganadas e traídas são piores que terroristas. Com isso, já é possível imaginar a diversão que será a vingança delas, mas sabe o que é mais legal no filme? A amizade entre elas, principalmente entre a Kate e a Carly. O filme se torna ótimo por causa da história que elas constroem.

Esse foi meu top 5 da Cameron Diaz, vocês conhecem algum(s) desses títulos? Curtem a atriz? Qual o filme estrelado por ela que mais gostam?

Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob

7 de maio de 2017

Tag: Livros não lidos

Alguns dos livros não lidos da estante #dramadoleitor
De livros acumulados eu entendo (que leitor não entende!?). Tenho mais livros do que tempo para ler. Na estante tem livros sem abrir que comprei na Bienal de 2013. Só não há mais títulos parados por lá, porque eu descobri o Kindle, então agora fica tudo acumulado no aparelhinho. Não que isso seja solução, né!?!

Com a minha decisão de praticar o desapego, como conte para vocês neste post, cada dia tenho menos livros sem ler na estante. O volume de leitura deste ano não está como desejado, mas estou indo bem e acredito que até o meio do ano não haverá nenhum livro não lido na minha estante. Por lá só estarão os amores de vida mesmo.

Há um bom tempo vi essa tag “livros não lidos” no canal da querida Kabook (adoro!!! Se não conhece corre lá. Divertida, ótimas dicas e conteúdo bom) e deixei separada para um futuro post do Papuff. O momento chegou e aqui está.

1. Livro não lido mais antigo da estante

O volume único de As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis. Ganhei esse livro há 10 anos (ou mais) e já comecei a leitura, porque queria muito o livro. Li algumas das histórias e parei, até agora! :(

2. Livro que foi comprado por impulso

O box com os cinco primeiros volumes das Crônicas do Gelo e Fogo, de George R. R. Martin. Todo mundo estava falando sobre os livros, chegou o Black Friday e eles estavam por preço de banana. Comprei. Até hoje estão embalados.

3. Livro que você ganhou e não estava na lista de desejados

Ganhei o Inverno Russo, da Daphne Kalotay de uma amiga. Não conhecia o título, li a sinopse e meu interessei bastante. Até tentei começar a leitura, mas queria ler outra temática na época. Ele está na estante parado, junto com os outros. “Desculpa, mamãe Carla” (a amiga que me deu)

4. Livro que você se arrependeu de ter comprado

Quando uma garota entra em um bar, da Helena S. Paige. Comprei na Bienal e vinha com um brinde, uns dados que nunca usei e nem sei onde estão. A sinopse também pareceu interessante e comprei, mesmo não estando na lista. Não gostei. Dei 2 estrelas no Skoob em consideração a ideia de ser um livro interativo e “deixar” você fazer a história. Está para troca por lá, caso se interesse.

5. Livro muito desejado, mas quando adquiriu perdeu a vontade

J. K. Rowling lançou um novo livro, eu preciso!!!” Comprei Morte Súbita. “Quanto amor!!!” Está até agora sem ler :(

6. Livro que você tem vergonha de ainda não ter lido

Adoro O Senhor dos Anéis, é uma obra genial que precisa ser lida e relida. Depois da trilogia corri para O Hobbit. Comprei O Silmarillion e este ainda não li. Imperdoável. O mestre J. R. R. Tolkin não merece. Logo lerei!

7. Quantidade de livros não lidos na estante

53 livros não lidos; eram muitos mais antes (não estou colocando aqui os e-books =D). Estou feliz com a evolução e em como consegui me desapegar. Minha estante está ficando bonitinha e do jeito planejado. xD

Gostou da tag? Faça também e me conte; quais são os seus livros não lidos?


Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob

2 de maio de 2017

5 filmes clássicos infantis para assistir

filmes clássicos infantis. mary poppins, o mágico de oz, a história sem fim, free willy, as aventuras de huck finn
Filmes clássicos infantis para todas as idades
Se tem um gênero de filme que adoro é infantil e tenho vários dele em casa. Atualmente ando recordando e vendo com meu sobrinho, daí o post de hoje. Um dica para você ver com o(s) pequeno(s) de sua vida ou mesmo para você, porque são títulos impossíveis de não se gostar e clássicos; daqueles que não há como passar por esta vida sem ver.

Então, pegue o bloco de notas e anote as dicas...e corre para assistir.

1. Free Willy (1993)


Jesse (Jason James Richter) é um menino que perdeu os pais muito cedo. Ele costumava saltar de orfanato em orfanato, até que passou a viver nas ruas. Numa noite, ele e seu amigo Perry (Michael Bacall) são flagrados pelo policial Dwight (Mykel T. Williamson) pixando um parque local. Apesar da situação, o agente de policia simpatiza com Jesse e o apresenta para Glen e Annie Greenwood (Michael Madsen e Jayne Atkinson) que irão adotar o garoto. Parte da punição por sua pequena infração envolve limpar a sujeira que ele fez no parque e é lá que Jesse conhece Willy, uma orca que está sendo treinada para ser a atração especial do local. No entanto, Willy não responde bem ao adestramento. Ela foi roubada de sua família por um pescador mercenário e ainda está traumatizada. Jesse e Willy desenvolvem uma estreita ligação emocional. Só que o dono do parque não está satisfeito com o desempenho de Willy e calcula que a orca vale mais viva do que morta. A partir daí Jesse fará de tudo para salvar o animal e devolvê-lo para o oceano.

Se você é da minha faixa etária (dos 30) provavelmente já quis ter uma baleia de animal de estimação ou fantasiou vivendo a vida de Jesse e ter uma baleia como melhor amigo. Mas caso não seja, se viu o filme pelo menos passou por isso; se não viu, está esperando o quê? Para todas as idades e com Michael Jackson contando na trilha sonora. Amor garantido, gentem!

2. O Mágico de OZ (1939)


Em Kansas, Dorothy (Judy Garland) vive em uma fazenda com seus tios. Quando um tornado ataca a região, ela se abriga dentro de casa. A menina e seu cachorro são carregados pelo ciclone e aterrisam na terra de Oz, caindo em cima da Bruxa Má do Leste e a matando. Dorothy é vista como uma heroína, mas o que ela quer é voltar para Kansas. Para isso, precisará da ajuda do Poderoso Mágico de Oz que mora na Cidade das Esmeraldas. No caminho, ela será ameaçada pela Bruxa Má do Oeste (Margaret Hamilton), que culpa Dorothy pela morte de sua irmã, e encontrará três companheiros: um Espantalho (Ray Bolger) que quer ter um cérebro, um Homem de Lata (Jack Haley) que anseia por um coração e um Leão covarde (Bert Lahr) que precisa de coragem. Será que o Mágico de Oz conseguirá ajudar todos eles?

Confesso que só assistir O Mágico de OZ mais velha e fiquei encantada, mesmo já conhecendo um pouco da história. Com certeza, este filme precisa ser assistido por todos. Meu sobrinho adora! Ele tem 5 anos anos.

3. A História Sem Fim (1984)


Bastian (Barret Oliver) é um garoto que usa sua imaginação como refúgio dos problemas do dia-a-dia, como as provas do colégio, as brigas na escola e a perda de sua mãe. Um dia, após se livrar de alguns garotos que insistem em atormentá-lo, ele entra em uma livraria. Lá o proprietário mostra um antigo livro, chamado A História Sem Fim, o qual classifica como perigoso. O alerta atiça a curiosidade de Bastian, que pega o livro emprestado sem ser percebido. A leitura o transporta para o mundo de Fantasia, um lugar que espera desesperadamente a chegada de um herói. A imperatriz local (Tami Stronach) está morrendo e, junto com ela, o mundo em que vive é aos poucos devorado pelo feroz Nada. A única esperança é Atreyu (Noah Hathaway), que busca a cura para a doença da imperatriz com a ajuda de Bastian.

A magia dos livros acontece nesse livro; você entra dentro da história e tem o poder de fazer ela acontecer. Na verdade, depende de você para que ela não deixe de existir. A História Sem Fim foi meu filme preferido por anos e assistia sempre que ele passava na Sessão da Tarde.

4. As Aventuras de Huck Finn (1993)


Huckleberry Finn (Elijah Wood), um jovem garoto que vive nos anos 1840, foge de casa e desce o Rio Mississippi. Ele encontra um escravo em fuga chamado Jim (Courtney B. Vance), e os dois passam por uma série de aventuras juntos.

Tem Elijah Wood eu vejo! As Aventuras de Huck Finn foi um filme dele que vi já lá pros mais de 20 anos, não era um filme que passava muito na televisão (pelo que lembro), diferente de outros filmes do ator, como Day-o e Anjo Malvado (post com 10 filmes para ver com o Elijah aqui – indicações minha s2). Indico pelo cenário, pela aventura, para as crianças aprenderem a não fazerem diferenciações e para se divertir.

5. Mary Poppins (1964)


Londres, 1910. Um banqueiro, George Banks (David Tomlinson), resolve redigir um anúncio pedindo uma babá, após Michael (Matthew Garber) e Jane (Karen Dotrice), seus filhos, mais uma vez sumirem e fazerem Katie Nanna (Elsa Lanchester), a babá, pedir demissão. Tentando controlar a situação Winifred (Glynis Johns), a mulher de George, faz tudo para acalmar o marido, mas sua cabeça está voltada para a defesa dos direitos da mulher. As crianças também escreveram um anúncio, que difere bastante da babá que George pensa em contratar, tanto que depois de lê-lo o rasga em oito pedaços e joga na lareira, por tê-lo achadofantasioso demais. Porém, os pedaços de papel milagrosamente voam juntos até uma nuvem próxima, onde está uma pessoa muito especial: Mary Poppins (Julie Andrews). No outro dia chegam muitas candidatas para o cargo de babá, mas um vento misterioso as carrega antes de serem entrevistadas. Chega então Mary Poppins, que desce das nuvens até a casa dos Banks, usando um guarda-chuva mágico como pára-quedas. Ela conhece Mr. Banks e concorda em ficar com o trabalho. Michael e Jane ficam fascinados com Mary Poppins, pois ela é exatamente a babá que sempre sonharam.

Acho que foi com Mary Poppins que meu amor por musicais começou. Me divertia cantando e dançando como os personagens e imaginava eu na lareira, dentro dos quadros e tendo uma babá que voa com um guarda-chuva. Mary Poppins é mágico! Ah! E o filme tem a diva das divas Julie Andrews.

Bônus: Os Batutinhas (1994)


Batatinha (Travis Tedford), Porky (Zachary Mabry) , Alfalfa (Bug Hall), Stymie (Kevin Jamal Woods) e outros meninos integram um grupo de garotos que simplesmente detesta garotas. Entretanto o clube se sente traído quando Alfafa se apaixona por Darla (Brittany Ashton Holmes) e os meninos começam a aprontar divertidas confusões para separar o novo casal.

Tive que colocar esse filme, por ser um clássico e por me lembrar do quanto me divertia assistindo. Esse é um filme que ainda vou colocar para assistir junto com meu sobrinho. Vai ser bom.

E então, que tal aproveitar e relembrar ou mesmo conhecer esses filmes? Todos os títulos você encontra na nossa amiga internet, inclusive tem um ou outro no Netflix. Mas caso queira comprar, são títulos com bons preços nas lojas. E, já viu algum? Deixe sugestões, quero fazer mais posts assim.

Ah! Já está participando do sorteio do livro #Tensão. Corre lá!

Sinopses retiradas do site Adoro Cinema

Acompanhe também: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob

20 de abril de 2017

#Sorteio – Tensão, de Gail McHugh

livro, tensão, Gail McHugh
Sorteio livro Tensão. Romance Erótico
Com essa nova fase do Papuff e com o aumento de visitas resolvi fazer um sorteio para presentear e agradecer quem passa por aqui e deixa um comentário para me fazer mais feliz.

Pensando no que presentear, escolhi um livro da minha estante que sei ser desejado por muitos no Skoob, e com isso coloco em prática o desapego, que comentei com vocês neste post.

O livro está em ótimo estado (como novo), foi lido só uma vez, e junto com ele irão alguns mimos que leitores adoram.

Para participar é só seguir as regras.

a Rafflecopter giveaway
Regras do Sorteio

- O sorteio tem início dia 20 de abril e término dia 18 de maio. O resultado será divulgado no dia seguinte.
- Para participar é preciso curtir o Papuff no Facebook e seguir no GFC, entradas obrigatórias no Rafflecopter;
- Para ter mais chances de ganhar, pode preencher as entradas extras: instagram e twitter
- As entradas obrigatórias (e extraserão conferidas ao término do sorteio. Caso o ganhador não cumpra será desclassificado e novo sorteio realizado.
- O vencedor terá 48 horas para retornar o contato, que será feito através de e-mail (maricardoso.jo@gmail.com). Na falta do retorno, o livro será sorteado novamente;
- Possuir endereço de entrega no Brasil;
- O Papuff tem até 15 dias úteis para enviar o prêmio e não será responsabilizado por eventuais extravios, roubos ou perdas cuja responsabilidade cabe aos Correios;
- Perfis falsos serão desclassificados.

Agora é torcer. Boa sorte!!!
E obrigada pelas visitas e pelos papos, são muito importantes! xD

Bjosss,

18 de abril de 2017

Na Tela: Dorama Japonês - Innocent Love

Innocent Love foi exibido em 2008, na TV Fuji

Se você quer se acabar em lágrimas do início ao fim este é o drama certo para ver. Não porque é uma história água com açúcar, mas sim por cada personagem ter uma história singular e cativante, sem contar as reviravoltas e o suspense que rola durante os 10 episódios.

A obra gira em torna de Kanon Akiyama (personagem de Mari Horikita, de “Tokujo Kabachi!!”), que aos sete anos perdeu os pais em um incêndio e também o irmão mais velho, Yoji Akiyama  (personagem de Seiji Fukushi, de “Kaito Royale”), preso acusado da morte dos pais. A partir daí a jovem começa a viver sozinha e discriminada pela maioria dos moradores da cidade.

Acreditando na inocência do irmão, Kanon se esforça dia a dia para tirá-lo da cadeia. Porém quando perde o emprego e não consegue arrumar outro, decide mudar de cidade em busca de um novo trabalho e de um recomeço.

Na cidade grande a jovem começa a trabalhar como diarista, onde conhece o músico Junya Nagasaki (personagem de Yujin Kitagawa, de “Meitantei Hokenshitsu no Obasan”). O homem se torna o porto seguro de Kanon, a apoiando em todos os momentos, até quando segredos da vida da garota são revelados pelo jornalista Jiro Ikeda (personagem de Kosuke Toyohara, de “CO Ishoku Coordinator”).

Apesar do carinho que Junya sente por Kanon, ele não consegue ser mais do que amigo da garota, porém pra ela, mesmo apaixonada, o que importa é estar ao lado dele e apoiá-lo. Mesmo que para isso tenha que ajudá-lo a ficar e cuidar da noiva Kiyoka Toono (Yuki Uchida).

ELENCO

Kanon Akiyama e Nagasaki Junya

Mari Horikita (Kanon Akiyama) Atriz
Yujin Kitagawa (Nagasaki Junya) Ator e cantor
Seiji Fukushi (Yoji Akiyama) Ator
Yuki Uchida (Kiyoka Toono) Atriz
Kosuke Toyohara (Jiro Ikeda) Ator e cantor
Hiroki Narimiya (Subaru Segawa – amigo de Junya) Ator
Yu Kashii (Mizuki Sakurai – amiga de Junya) Atriz e modelo

TRAILER



FICHA TÉCNICA

Título Original: イノセント・ラヴ
Gênero: Romance, Drama
Idioma: Japonês
País de Origem: Japão
Episódios: 10
Exibição: 2008, TV Fuji
Direção: Hiromasa Kato, Hiroaki Matsuyama
Roteiro: Taeko Asano
Produtor: Toshiyuki Nakano

TRILHA SONORA

todas as músicas são instrumentais. O tema de abertura, “Eternally”, da cantora Kanno Yugo, você pode ouvir aqui

1. INNOCENT LOVE – MAIN THEME   /   2. Jujika -Ookina Tsumi   /   3. Itsukushimi Fukaki / 4.Kuroi Kage   /   5. Kiseki -Minna ga Issho…   /   6. Asa no Hikari   /   7. Hizunda Aijou  /  8. Moesakaru Honoh   /   9. Hitoribocchi   /   10. Kokoro Torawarete   /   11. Akazu no Ma  /  12. Fushin no Me   /   13. Jujika -Ano Hito ga…   /   14. Kiseki -Ichiban Chiisana  /  15. Eternally -Piano Version

Falar de Innocent Love e não parecer redundante é complicado, porque é um drama sereno, segue uma linha única. O que dificulta uma resenha com mais informações. Garanto, durante cada episódio você ficará mais ansiosa para saber mais sobre o personagens e ver o que vai acontecer no final.

Digo, assista. Não há como não se encantar.

Conhece algum dorama neste estilo para me indicar? Deixe nos comentários.

✰✰✰✰✰

Estou: Facebook | Twitter | Instagram | Skoob